AdSpace

Últimas

sábado, 29 de agosto de 2020

SÍNTESE DA ENTREVISTA DO PRÉ-CANDIDATO LITERCÍLIO JÚNIOR

Coluna A Gente Que Faz - Fala Candidato
Por Rôney Araújo

Síntese textual da entrevista do pré-candidato a prefeito Litercílio Júnior, ao Portal Brotas News

Litercílio Júnior, brotense, filho de Litercílio Nunes de Oliveira e Agostina Campos Ribeiro Nunes, a popular professora Niná. Concluiu o Ensino Médio no antigo Magistério, tendo formação técnica em Contabilidade. Continuou seus estudos em Salvador, graduando-se em Agronomia, pela Universidade Federal da Bahia. Escolheu esse curso por sua proximidade com o campo, pois alimentava o desejo genuíno de voltar para Brotas quando terminasse seus estudos. É casado com Eliene Ferro dos Santos, com ela teve três filhos. Trabalhou na Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA) por quatorze anos, deixando-a e mergulhando na vida pública, na qual foi prefeito entre 2009 a 2012 e retornando à cadeira executiva em 2017, ficando até a presente data. No hiato entre 2013 a 2016, trabalhou na Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR).

 Júnior se coloca como pré-candidato a prefeito da cidade de Brotas munido pelo ensejo de dar continuidade aos feitos do seu governo, em especial pelos projetos bem-sucedidos nas áreas da Saúde e Agricultura. Crê que a interrupção da sua gestão, em 2012, prejudicou demais o andamento de importantes iniciativas para Brotas. Com o seu retorno, em 2017, pôde consolidar ações essenciais na criação de renda e oportunidades para o povo, pretendendo continuar à frente do município para garantir todos esses encaminhamentos.

 Por meio de pesquisas internas, a equipe de Júnior constatou a viabilidade da sua candidatura, e isso se confirmou em conversas com as lideranças nas comunidades, dando ênfase para a continuidade da caminhada.

 O pré-candidato enfatizou que a metodologia de campanha escolhida será focada nas regras do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e da Organização Mundial da Saúde (OMS), em razão da pandemia, uma vez que seu método sempre foi pautado dentro da legalidade e também na tradição de um trabalho guiado por meio da participação popular. Promovendo a participação dos sujeitos, seja na sede ou nos povoados, o programa do governo de Júnior terá caráter participativo, tendo a cara da população.

 Júnior reforça que, em sua a passagem em 2013, organizou a gestão pública trabalhando focado no Plano Plurianual (PPA), cumprindo 80% desse, de forma participativa. Já na gestão atual, na Saúde, o município saiu de 23% de cobertura da atenção básica para 97%. Houveram investimentos de mais de 140km de rede de água nas comunidades rurais. Outro ponto importante mencionado, foi o investimento em geração de renda, onde projetos ocorreram pautados na Agricultura Familiar, inclusive sendo premiado pelo Sebrae e pelo Governo do Estado. Júnior lembrou acerca do investimento na Saúde, no que se refere à sua descentralização, citando a ambulância presente no Cocal e a possibilidade da realização de exame de Raio X. 

Continuou sua fala frisando sobre a entrega de dez Postos Satélites de Saúde na zona rural. Elogiou o Programa Medicamento em Casa, pois essa é uma ação estratégica nesse momento de pandemia. Na Assistência Social, o seu governo investiu em cursos de capacitação e geração de renda. No Meio Ambiente, são trinta comunidades atendidas, contempladas com o sistema de abastecimento, recuperação e abertura de poços tubulares, implementação de redes de água com mais  de 30 mil metros de canos instalados. Na Educação, destacou o Programa Despertar, O Proerd, em parceria com a Policia Militar, e o Cidade Empreendedora. Ele ressalta que tais projetos estão nas áreas Constitucionais e devem ser eficientes. 

 Na saúde, Júnior prometeu intensificar as ações de descentralização, como está fazendo com o Programa de Medicamento em Casa, por exemplo, pois essas ações são diferencias para uma gestão pública.

 Respondendo sobre a demolição do antigo posto de saúde, Júnior disse que o convênio firmado com a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (SESAB) se daria por meio de uma reforma, e na evolução do projeto, precisou ser mudado o objeto, uma vez que a construção seria imperativa diante da inviabilidade da estrutura, na qual impediria a ampliação. Por isso, mesmo com as inconsistências no convênio, foi necessário demolir o prédio. Como não conseguiu se reeleger, e não tendo a nova prefeita interesse em construir um centro médico no local, a retificação do projeto não foi realizada, preferindo-se devolver o dinheiro e cancelar o convênio. Segundo Júnior, foi deixado em conta mais de um milhão de reais, mas a nova gestora preferiu investir duzentos mil em uma policlínica que é de posse de seu marido. Ele ressalta que o terreno da policlínica era público, e numa manobra em 1990, o então prefeito da época, Antônio Kleber, doou a si próprio o terreno público. Em seguida, desmontou a policlínica e fez um hospital particular. E sobre a reforma do local, o atual prefeito afirma que ela foi feita com recursos públicos e a prefeitura atualmente paga o aluguel daquele espaço.

 Na agricultura, ele prometeu continuar reforçando a criação de emprego e renda, já que o município compra mais de 30% da merenda escolar da agricultura familiar. Recentemente, há um projeto aprovado na câmara, de autoria do Executivo, onde o município compra produtos na mão do agricultor para constituir às cestas básicas. A parceria com os agricultores rende muitos frutos, como, por exemplo, 15 toneladas de mel extraídas do município. Logo esses projetos devem ser intensificados para dar continuidade as benesses para a população brotense. Frisou sobre o projeto da cadeia do leite, com a aquisição de um laticínio para pasteurização de leite e fabricação de bebida láctea e queijo.

 Por fim, Júnior agradeceu o convite e ressaltou a iniciativa do Portal Brotas News por divulgar os candidatos. Reafirmou sua candidatura e solicitou mais uma vez sobre adesão, por parte da população, das medidas protetivas, a fim de evitar a Covid-19. Relembrou seus projetos e ações, como a cobertura asfáltica nos bairros e finalizou dizendo que Brotas não pode retroceder, desejando a presença de Deus na vida de todos.

Fotos da Redação

29/08/2020

SÍNTESE DA ENTREVISTA DO PRÉ-CANDIDATO LITERCÍLIO JÚNIOR
  • Título : SÍNTESE DA ENTREVISTA DO PRÉ-CANDIDATO LITERCÍLIO JÚNIOR
  • Postado por :
  • Data : 18:27
  • Categorias :
  • Comentários Facebook
  • Comentários Blogger

0 comentários:

Postar um comentário

Top