AdSpace

Últimas

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

BROTAS DE MACAÚBAS: JOVEM BROTENSE SE FORMA EM MEDICINA EM CUBA

O nome dele é Valquírio Rosa de Araújo, 32 anos, solteiro, natural de Brotas de Macaúbas - BA, mais precisamente do Povoado de Araci. Valquírio foi para Cuba em 2009 e desde então, seu sonho sempre foi poder voltar à sua terra natal e exercer a profissão, contribuindo assim para o desenvolvimento do município. Em 2015 o jovem humilde de família simples, hoje Doutor Valquírio, volta à Brotas de Macaúbas com o sentimento de um sonho realizado. "É muito bom está de volta.
Uma etapa foi cumprida. Resta agora poder exercer minha profissão e farei com muito amor e dedicação" diz Valquírio. "O povo brotense merece todo meu carinho e atenção, e no que depender de mim, farei de tudo para superar todas as expectativas dessa minha gente que tanto amo", acrescenta. Dr. Valquírio se formou em Medicina (Médico Clínico Geral) pela Escola Latino Americana de Medicina. Período de 2009 a 2015.  Hoje se encontra em Brotas de Macaúbas, apto para exercer a profissão.
Conheça mais sobre a trajetória de Valquírio por Cleiton do Araci... 




Estamos felizes, porque nestes últimos tempos há regressado a casa um jovem brotense, um jovem baiano, que depois de quase 7 anos longe de sua pátria, volta a sua casa, cheio de energia, de vontade de trabalhar para o seu povo, com uma grande  carga de conhecimentos adquiridos durante os 13 semestres da faculdade de medicina em cuba, onde esteve, por muito tempo, movido pela esperança de um dia voltar para o sertão e poder retribuir ao povo que sempre o apoiou e incentivou nesta etapa tão importante de sua vida.
O jovem Valquírio Rosa de Araújo, produto de uma formação popular, sindical, religiosa e política, onde teve seus passos iniciais na militância dos movimentos sociais de Brotas de Macaúbas, nas lideranças dos grupos de jovens da igreja católica, no acompanhamento e participação ativa na história do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de nosso município a exemplo de sua mãe sindicalista e uma das fundadoras e organizadoras de dita organização em nosso município, também fazemos ênfase aos seus passos pelo partido dos trabalhadores onde há desenvolvido um trabalho de liderança jovem, de militante, de diretor, e eleitor com uma dedicação e apoio aos processos eleitorais, municipais, estaduais e nacionais, servindo de exemplo a muitos jovens da região, pela sua forma de atuação ativa na sociedade desde movimentos estudantis até movimentos, sócio religiosos, atraindo muitos outros jovens como ele a participarem através da filiação no partido dos trabalhadores, e da militância e participação ativa na vida política do nosso município.

Jovem cheio de sonhos que foi capaz de abrir mão do aconchego do lar, e esteve disposto a passar longo período de tempo longe de sua família e amigos, afim, de realizar um sonho, forma-se em medicina em cuba. E assim em fevereiro do ano 2009 partiu em busca da concretização deste objetivo, com uma experiência inigualável, compartindo, vivenciando, adquirindo conhecimentos em um intercambio multidirecional com estudantes de 119 países na ELAM (Escola Latino Americana de Medicina), onde não deixou de praticar sua vida política, porque, junto com um grupo de jovens sonhadores assim como ele, foram ousados e não se detiveram até formar o núcleo do PT em Havana, o qual foi palco de um encontro internacional do partido, onde se realizou um encontro internacional com presença de outros núcleos existentes no mundo, em qual discutiram, formularam e enviaram propostas de consolidação dos núcleos do partido a nível mundial, e também enviando seu apoio ao governo petista e reafirmaram o compromisso de participarem ativamente nos processos eleitorais.

Em suas experiências acadêmicas, viveu momentos grandiosos, com uma participação nas organizações políticas, da vida estudantil, chagando a se tornar presidente da ABEMEC (Associação de Brasileiros Estudantes de Medicina em Cuba), e também presidente da Junta de Nações, grupo de representação perante relações internacionais de todos os estudantes estrangeiros na faculdade de medicina, ademais esteve fortemente comprometido em sua formação científica, participando ativamente em investigações, em pesquisas, chegando a receber certificados e reconhecimentos como aluno mais integral, assim como receber premiações em jornadas científicas por apresentar trabalhos de análises de situação de saúde de comunidades brasileiras onde junto com seus colegas brasileiros estudantes em Cuba, realizavam trabalhos voluntários em período de férias, com visitas e entrevistas domiciliares em caráter voluntário com objetivo de gerar relatório de situação de saúde de determinada comunidade.

Enfrentando as dificuldades de estudar um curso tão difícil e tendo que aprender da foram mais complexa, ao ter que aprender um novo idioma, a conviver com novos companheiros com culturas diferentes, ele se esforçou e como todo bom sertanejo, não esquecendo de origem, buscava um punhado de farinha e um pedaço de rapadura “como ele mesmo descreve” a força que o campesino precisa para ir ao roçado a capinar ,  ele utilizava esta foco, esta fonte de inspiração para buscar forças par seguir estudando duro e chegar a se formar em julho de 2015, obtendo uma das melhores médias de notas de sua turma, finalizando o internato nos hospitais da cidade de Camaguey-Cuba, com a cabeça erguida e a sensação do dever cumprido.

Este jovem que volta à casa cheio de esperanças, porém, se depara com uma conjuntura política bem complexa, onde sabemos das grandes dificuldades que nosso governo está enfrentando, ele que assim como os quase 90 companheiros, recém-graduados em Cuba, chegaram com muitas expectativas  de iniciarem os trabalhos no programa do Governo Federal Mais Médicos para o Brasil, e com um pouco de frustração inicialmente, não tendo a oportunidade de poder exercer sua profissão,  pelo menos por enquanto, porque a coordenação do Programa Mais Médicos, mudou as publicações dos editais de contratação e atualmente estão contemplando somente os brasileiros formados no Brasil com (CRM) ou os que se graduaram no exterior que já possuem seus títulos revalidados, um processo que sabemos que tem um caráter discriminatório, e não avaliativo, que apesar dos autos custos para conseguir chegar com condições de realizar a prova com êxito é necessário pagar cursos extremadamente caros e ter a sorte de que possa realizar as inscrições nas poucas universidades cadastradas no pais, como forma do CRM de controlar o mercado de profissionais, e dificultar a consolidação do SUS como um sistema único forte e viável.

Em resumo, hoje o Partido dos Trabalhadores pode contar com mais uma liderança, qualificada e capacitada para assumir um papel importante na construção e consolidação de nossos Governos Estadual e Federal, motivo pelo qual solicitamos que vossa excelência, intervenha, ajude a que este jovem com tanto potencial, não fique muito tempo, sem expectativas de trabalho, de alguma forma seja na esfera política ou administrativa a nível estadual ou nacional possa atuar contribuindo com seu grande potencial, neste processo tão importante para nossos povos, e que posteriormente a isto, possa consolidar seu processo de legalização de registro profissional, para poder finalmente exercer sua profissão dignamente, e atue em nosso sertão brasileiro como mais um médico de ciência e consciência.

Fotos Reprodução Facebook
BROTAS, 09/09/2015
BROTAS DE MACAÚBAS: JOVEM BROTENSE SE FORMA EM MEDICINA EM CUBA
  • Título : BROTAS DE MACAÚBAS: JOVEM BROTENSE SE FORMA EM MEDICINA EM CUBA
  • Postado por :
  • Data : 11:37
  • Categorias :
  • Comentários Facebook
  • Comentários Blogger

0 comentários:

Postar um comentário

Top