AdSpace

Últimas

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

BROTAS DE MACAÚBAS - MATRIARCA BROTENSE COMPLETOU 109 ANOS DE VIDA



AOS 109 ANOS DONA CHIQUINHA
É A MULHER MAIS IDOSA DE BROTAS


Francisca Maria de Jesus, ou seja, Dona Chiquinha como é carinhosamente chamada por seus familiares e amigos, nasceu no dia 14 de Setembro de 1908, na antiga Vila Agrícola de Nossa Senhora de Brotas.

Nesta quinta feira, ao completar 109 anos, é considerada a matriarca da família brotense, ou seja, a mulher mais Idosa do município de Brotas de Macaúbas e, sem dúvidas, uma das mais velhas do Estado da Bahia e, integrante de um seleto grupo de brasileiras centenárias.
 A FAMÍLIA

Filha de Dona Luíza Maria de Jesus e Alípio Barbosa, teve ao todo 8 irmãos, uns naturais do casal, outros por parte de pai, outros por parte de mãe, foram eles: Isaura, Raquel, João Serafim, Ana, Ivanilde, Eulália, Ranufo e Ana Rita.
Dona Chiquinha, foi casada com Eupídio Rodrigues dos Santos e teve seis filhos, três homens: José, Marivaldo e Vital Rodrigues dos Santos e, três mulheres: Nivea Maria, Maria Elena e Nilza Maria de Jesus, atualmente avó de 16 netos, 27 bisnetos e 2 trinetos, dentre os quais uma médica e uma advogada. 
 HISTÓRIA DE VIDA

Nascida em uma família humilde, ainda menina foi morar em Oliveira dos Brejinhos com sua madrinha, Dona Nenê Barbosa, onde aprendeu a fazer renda, porém pouco tempo depois, voltou para Brotas, onde passou a trabalhar nos afazeres domésticos na cozinha, na faxina, lavando e engomando com “ferro em brasa”, e outras tarefas mais pesadas como “botar água” nas casas das principais famílias; é bom lembrar que naquela época, a água era aparada na bica do boqueirão, ou na cacimba, a depender do uso, e carregada para as casas da vila, em potes de barro, latas ou em carotes de madeira, de 20 litros, no lombo de jegue ou na cabeça das mulheres, as quais, apoiavam o vasilhame, numa rodilha de pano, para facilitar o equilibrar da lata e aliviar o peso, também era tarefa corriqueira pegar lenha e, ajudar os pais nas tarefas da roça, assim foi a infância, a juventude e a vida desta mulher guerreira, que mesmo trabalhando o tempo todo, era comum chegar em casa e não ter o que comer, conta ela que “nestas ocasiões, recorria a casa do Padre Carilho onde sempre conseguia alguma coisinha”.

BOA SAÚDE

O tempo passou rápido e hoje ao completar seus 109 anos de idade, Dona Francisca Maria de Jesus “não tem nenhum problema de saúde, não frequenta hospitais, clinicas ou consultórios médicos, nunca faz consultas, pois goza de boa saúde”, explica a filha Nilza, que dedica a sua vida aos cuidados de sua querida mãe, afirma ela: “minha mãe não tem problema com pressão alta ou baixa, nem tão pouco diabetes, ela alimenta-se bem, come de tudo e dorme bem, apenas suas vistas é que já estão canecadas”. Assim, por não enxerga, passa o dia sentada na cama, onde faz as suas refeições, e, só sai para o banho e outras necessidades, nunca se esquece de fazer as suas orações diárias, momentos que prefere ficar sozinha sem ser incomodada.

SEGREDOS DA LONGEVIDADE

Um dos segredos de sua longevidade é a dieta alimentar,  exigida por ela, rica em alimentos saudáveis, pois ela adora comer feijão com carne, farinha de mandioca, ovos de galinha, costela de boi, bisteca de porco, toucinho, carne frita e galinha caipira, preferindo as partes com osso, como o pé da galinha, também gosta de buchada e mocotó, e reclama quando o tutano da perna do boi está pouco; no café da manhã, adora comer batata doce, aipim, abóbora, requeijão, beiju, cuscuz, leite, manteiga de garrafa e feijão de caroço com torresmo, e detesta bolachas e pão, e não aceita que estes alimentos façam parte de seu cardápio. 
 Outros segredos de Dona Chiquinha é sempre dormir bem, “deitar cedo e acordar na madrugada”, habito que a acompanhou por toda sua vida, e mantém ainda hoje; Outra segredo, marca registrada de dona Chiquinha, é o Bom Humor, mesmo nos momentos mais difíceis, sempre está alegre e nunca reclama da vida, conta a filha Maria Nivea, “ela sempre viveu com um sorriso no rosto, sempre pronta a servir”; também a Fé em Deus, sempre a acompanhou, conforme os ensinamentos de sua mãe, Sempre foi devota de Nossa Senhora de Brotas e do Divino Espírito Santo, cultura que repassa aos filhos e netos. 


FAMÍLIA DE CENTENÁRIOS

Em sua família, dona Chiquinha não é a única participante do “Clube dos Centenários”, também suas irmãs Dona Ana Rita, viveu até os 102 anos, Isaura viveu 100 anos e seu primo Juca Rodrigues Baraúna, que faleceu este ano, viveu até os 105 anos de idade.

MULHER GUERREIRA

No olhar de suas filhas, Nilza e Nivea, Dona Chiquinha é acima de tudo um exemplo de mulher guerreira, mulher de luta, que viveu e lutou muito para criar seus filhos, foi uma ótima mãe e sempre deu bons exemplos, nunca usou bater ou castigar seus filhos, pois, quando era preciso, bastava um simples olhar para chamar a atenção, além do que sempre esteve disposta a trabalhar e servir a todas as pessoas que a procurasse.
Em nome do Brotas News e de toda comunidade brotense queremos Parabenizar esta guerreira, mãe e matriarca da família brotense pela sua força de luta, pelos filhos, netos e bisnetos, por tudo de bom que fez, mesmo que muitas vezes de forma anônima,
Parabéns Dona Francisca Maria de Jesus, Dona Chiquinha, que o Bom Deus lhe de muitos anos de vida e muita saúde.

 Texto: Wanderley Rosa Matos
Fone: 77 991360706
e-mail:wanderleymatos2000@gmail.com
Fotos: Arquivo Wanderley Rosa Matos e Álbum da Família 
BROTAS DE MACAÚBAS - MATRIARCA BROTENSE COMPLETOU 109 ANOS DE VIDA
  • Título : BROTAS DE MACAÚBAS - MATRIARCA BROTENSE COMPLETOU 109 ANOS DE VIDA
  • Postado por :
  • Data : 00:38
  • Categorias :
  • Comentários Facebook
  • Comentários Blogger

0 comentários:

Postar um comentário

Top